Sábado 26/05/2018
Advocacia Dagoberto J.S.Lima - Newsletter
Cálculo de reajuste dos planos mantido em 2012

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) informou que a metodologia de cálculo do reajuste dos planos de saúde individuais não deve mudar no próximo ano.

 

O órgão regulador do setor promoveu, na semana passada, o encerramento da Câmara Técnica que discute o Novo Modelo de Reajuste.

Leia mais +
Seguradoras devem encerrar 2011 com alta de 17,1%

A Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNSeg) prevê alta de 17,1% para o mercado segurador em 2011 na comparação com o ano passado. “Vamos crescer mais uma vez acima do PIB este ano e a previsão é de continuidade da expansão em múltiplos do PIB também em 2012”, disse Jorge Hilário Gouvêa, presidente da CNSeg. As informações são da Info Money.

 

O mercado segurador deve alcançar arrecadação de R$ 218,65 bilhões neste ano, com aumento de 17,2% das reservas técnicas, na comparação com o ano anterior, atingindo R$ 444 bilhões, o equivalente a 11% de participação do PIB (Produto Interno Bruto).

Leia mais +
Aumenta número de falências de operadoras de planos de saúde

Aumentou o número de falências de operadoras de planos de saúde. E isso traz um problema para todos que usavam o serviço dessas empresas. Muitos não sabem a quem recorrer quando precisam de atendimento médico. Mas, a lei garante direitos ao paciente.

 

A aposentada Joana Ricioli Morezza precisa fazer uma biópsia e ficou abalada ao saber que não pode mais contar com o plano de saúde que paga há 17 anos. "Dá uma sensação de abandono, porque na hora que precisa do plano, você não ter e recebe a notícia de que não existe mais, é complicado, eu choro muito", disse a aposentada Joana Ricioli Morezza.

Leia mais +
Estados prometem ajustar gasto com saúde

A maioria dos Estados que não cumpriram em 2009 o percentual mínimo de gastos em saúde fixado em lei informaram que já ajustaram seus gastos ou o farão em 2012.

 

A exceção é o Rio Grande do Sul. O governo gaúcho afirmou ontem que, pelo menos até 2014, não vai conseguir cumprir a determinação de destinar 12% de sua receita para gastos em saúde.

Leia mais +
Lei que garante cirurgia plástica pelo SUS a mulheres agredidas vai à sanção de Dilma

Brasília – Mulheres vítimas de violência poderão fazer, sem custos, cirurgia plástica para reparar sequelas ou lesões causadas pela agressão. É o que prevê o projeto de lei que foi aprovado hoje (8) na Comissão de Direitos Humanos do Senado. Como foi aprovada em caráter terminativo, seguirá para sanção presidencial.

 

De acordo com a Agência Senado, as cirurgias serão de responsabilidade do Sistema Único de Saúde (SUS) em hospitais públicos ou conveniados. No momento em que receberem as mulheres vítimas de violência, hospitais e centros de saúde pública deverão informá-las sobre a possibilidade de acesso gratuito à cirurgia plástica reparadora. Para isso, será necessário apresentar o registro policial da agressão.

Leia mais +
Plano de combate ao crack considera internar dependentes à força

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, afirmou, nesta quarta-feira (7), que o novo programa de combate ao crack visa seguir o modelo de internação involuntária já adotado por São Paulo e Rio de Janeiro. O plano Crack, É Possível Vencer! terá investimentos de R$ 4 bilhões em atuação conjunta do governo federal, Estados e municípios.

 

-É fundamental que os trabalhos das equipes dos consultórios de rua façam como já é feito em São Paulo para garantir o que a lei estabelece sobre a internação involuntária. Nós somos favoráveis à internação involuntária como medida de proteção a vida em casos de intoxicação grave ou risco de vida, abstinência séria. Os especialistas que vão indicar qual o melhor serviço.

Leia mais +
Copyright © Advocacia Dagoberto J. S. Limaunitri