Quinta-feira 16/08/2018
Advocacia Dagoberto J.S.Lima - Newsletter
ANS pretende incluir 80 novas coberturas em planos de saúde

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) vai analisar todas as contribuições recebidas durante a Consulta Pública 53, encerrada no último dia 6, visando à inclusão, pelos planos de saúde, de cerca de 80 coberturas.

Elas incluem procedimentos médicos e odontológicos, medicamentos, terapias e exames, além da atualização de mais de 30 procedimentos já cobertos. A proposta destaca a inclusão de 36 medicamentos para tratamento oral domiciliar de câncer, a introdução de uma nova técnica de radioterapia e cerca de 30 cirurgias por vídeo.

Leia mais +
Mercado brasileiro é alvo de empresas estrangeiras

Um levantamento feito pela ANS em 2003 indicou que 32 milhões de pessoas eram beneficiárias de planos de saúde e outras 4 milhões possuíam planos estritamente odontológicos. Na apuração feita no ano de 2012, esses números saltaram para 47 milhões e 18 milhões, respectivamente. 

Essas avaliações indicam um crescimento significado da saúde suplementar no Brasil. O setor possui deficiências como qualquer outro e pretende saná-las o mais breve possível. Apesar do crescimento, o mercado atinge apenas cerca de 20% da população, o que demonstra o potencial para expansão da atividade.

Leia mais +
ANS debate mudanças demográficas e os impactos na Saúde Suplementar

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) debateu nesta quarta-feira (14/08), no Rio de Janeiro, as mudanças no perfil da população brasileira, com destaque para o aumento da expectativa de vida e a queda da fecundidade, o que reflete um quadro de envelhecimento. O seminário “As mudanças demográficas e seus impactos sobre a Saúde Suplementar” foi voltado às instituições que atuam no setor. As palestras colocaram em debate os impactos que as mudanças trarão, em longo prazo, para os modelos atuais de financiamento da saúde suplementar.

“Temos esse tema como um dos mais importantes no âmbito da nossa Agenda Regulatória. Desde 2011, os impactos desta rápida evolução demográfica brasileira sobre a sustentabilidade do setor têm sido estudados com muito afinco pela Agência”, ressaltou o diretor-presidente da ANS, André Longo.

Leia mais +
ANS cobra informações sobre redes próprias das operadoras

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) requisitou, por meio de ofícios às operadoras de planos de saúde, a relação de suas redes próprias de serviços. Segundo a agência, o objetivo é subsidiar a implementação dos Programas de Divulgação da Qualificação de Prestadores de Serviços e de Monitoramento da Qualidade dos Prestadores de Serviços na Saúde Suplementar.

As operadoras têm até 8 de setembro para informar os prestadores pertencentes às suas redes próprias: hospitais, laboratórios de análises clínicas, laboratórios de anatomia patológica e citopatologia, serviços de radiologia, diagnóstico por imagem e medicina nuclear, serviços isolados de oncologia (quimioterapia e/ou radioterapia), serviços isolados de nefrologia e terapia renal substitutiva, serviços de hemoterapia.

Leia mais +
Copyright © Advocacia Dagoberto J. S. Limaunitri