Quarta-feira 15/08/2018
Advocacia Dagoberto J.S.Lima - Newsletter
ANS obriga planos de saúde oferecer 87 novos procedimentos em 2014

BRASÍLIA — A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou nesta segunda-feira que os planos de saúde individuais e coletivos serão obrigados a oferecer 87 novos procedimentos a partir de janeiro de 2014. Serão 37 medicamentos orais para o tratamento de câncer e 50 exames, consultas e cirurgias. As alterações são resultado de consulta pública realizada pela agência entre junho e julho. Têm direito às incorporações todos os consumidores de planos contratados a partir de janeiro de 1999, ou adaptados à legislação.

— Isso beneficia diretamente 42,5 milhões de consumidores dos planos de assistência médico-hospitalar e mais de 18 milhões dos planos exclusivamente odontológicos — disse o diretor presidente da ANS, André Longo. — A gente espera reduzir também a judicialização que envolve essas questões a partir dessa medida — acrescentou.

Leia mais +
Planos de Saúde brasileiros se concentram em cidades com maior IDH

Cerca de 94% dos associados aos planos de saúde no Brasil vivem nos 1.900 municípios com Índice de Desenvolvimento Humano por Municípios (IDHM) alto ou muito alto, que concentram 70% da população nacional. Cerca de 6% estão distribuídos nas 3.600 cidades com IDHM médio ou baixo, e representam 30% da população. Os números são de uma pesquisa feita pela Federação Nacional de Saúde Suplementar. 

O índice de 2010, divulgado em julho deste ano pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, avalia a qualidade de vida da população por meio de características de renda, educação e longevidade. A pesquisa constatou que nos 44 municípios com IDHM muito alto a cobertura de planos de saúde chega a 51% da população, enquanto a média nacional é 23,7%. Nos municípios com índice alto, a cobertura é 27,6%. Nas localidades com IDHM baixo e muito baixo, a cobertura é próxima a 1%.

Leia mais +
23% da população do país tem plano de saúde, aponta entidade

São Paulo - Cerca de 94% dos associados aos planos de saúde no Brasil vivem nos 1.900 municípios com Índice de Desenvolvimento Humano por Municípios (IDHM) alto ou muito alto, que concentram 70% da população nacional. 

Os outros 6% estão distribuídos nas 3.600 cidades com IDHM médio ou baixo, e representam 30% da população. Os números são de uma pesquisa feita pela Federação Nacional de Saúde Suplementar e apresentada nesta quarta-feira, 16, pela Agência Brasil.

Leia mais +
Quanto menor renda mais recente contratação plano saúde

SÃO PAULO - Apesar das classes menos favorecidas, com renda familiar mensal de até R$ 1.109, representar apenas 8% do total dos usuários de planos de saúde individuais no Brasil, ela é a maioria entre os novos contratantes. Da fatia dos segurados desta faixa da população, mais de 54% contrataram um plano nos últimos três anos, apontou um estudo do Data Popular. 

Entre as classes mais altas, que representam 92% do total de segurados, os índices se invertem e a maior parte tem um plano de saúde há mais de cinco anos. “Em geral, quanto menor a renda, mais recente foi a contratação de plano de saúde”, explicou o estudo.

Leia mais +
Copyright © Advocacia Dagoberto J. S. Limaunitri