Sexta-feira 23/02/2018
Advocacia Dagoberto J.S.Lima - Newsletter
Mercado farmacêutico prevê aumento de custos

Enquanto muitos setores da economia já enfrentavam dificuldades expressivas, as farmacêuticas puderam respirar aliviadas com o crescimento de 45% do faturamento, pelo canal farmácia, nos últimos quatro anos. Só em 2014, o aumento foi de 11,4%, chegando a R$ 41,8 bilhões, apesar do PIB praticamente estagnado.

Mas agora, o desafio está aumentando. Com as mudanças na economia promovidas pelo Governo Federal e suas consequências ao custo de produção, as farmacêuticas buscam cada vez mais eficiência em seus processos. Além disso, o real tem se desvalorizado diante do dólar, o que prejudica a importação de insumos, e não há perspectiva de cenários melhores tão cedo.

Leia mais +
Ministério da Saúde cria comissão para apurar denúncias da Lava Jato

O Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial da União desta segunda-feira (13) a decisão de designar uma comissão para avaliar a situação de um contrato que trata da prestação de serviços de publicidade para a pasta.

Na sexta-feira (10), a Polícia Federal (PF) afirmou que a 11ª fase da Operação Lava Jato investiga fraudes que vão além da Petrobras e identificou indícios de irregularidades em contratos publicitários da Caixa Econômica Federal (CEF) e do Ministério da Saúde. No mesmo dia, o ministério já havia informado que faria apuração interna para investigar denúncias referentes à Operação Lava Jato.

Leia mais +
Novos cursos de medicina serão abertos em 49 municípios

Começa no ano que vem a expansão da graduação em medicina, compromisso assumido pelo governo federal no lançamento do Programa Mais Médicos. O Ministério da Educação (MEC) divulgou, por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) do último dia 20, a lista final de 49 municípios que tiveram seus projetos autorizados e poderão abrir novos cursos em instituições de educação superior privadas. As cidades contempladas estão distribuídas em 15 estados das cinco regiões do país e a expectativa é que sejam criadas 3,5 mil novas vagas.

Com a Lei do Mais Médicos, a expansão da graduação em medicina passa a obedecer a critérios de relevância e necessidade social. Além disso, deve observar a estrutura dos serviços de saúde dos municípios para viabilizar a realização das atividades práticas da formação médica. “Vamos ampliar as vagas em medicina levando em conta os serviços de saúde ofertados na localidade. Desta forma, garantimos a integração serviço-ensino, tão essencial à formação do médico”, explica o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

Leia mais +
Planos de saúde querem reajuste acima de 9,65%

Depois dos reajustes de até 7,7% nos preços dos medicamentos, a correção dos planos médicos com validade retroativa a abril e ainda não divulgada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) também deve ser superior à inflação oficial do país, que nos últimos 12 meses terminados em março fechou em 8,13%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A expectativa das operadoras é de que o reajuste deste ano seja superior aos 9,65% aplicados em 2014 às mensalidades dos convênios individuais e familiares.

A elevação dos gastos com saúde se junta ao calvário de ajustes de preços que o consumidor vem enfrentando. Eles começaram com os alimentos, alcançaram a energia elétrica e os combustíveis. No país, cerca de 80% dos contratos de planos de saúde são coletivos e, como o mercado de trabalho mostra sinais de desaceleração, a tendência atinge diretamente o resultado do setor, termômetro do emprego formal. A despeito da crise, a dose de reajuste para os planos coletivos também deve ser forte: estimada entre 15% e 20%.

Leia mais +
Lei da terceirização irá atingir 15 milhões de pessoas

A terceirização das relações trabalhistas deve ganhar um novo caminho, que pode afetar cerca de 15 milhões de trabalhadores no Brasil. O polêmico Projeto de Lei que regulamenta a terceirização (PL 4.330/04) avançou na Câmara dos Deputados, após 11 anos de discussão.

O texto principal da proposta, aprovado semana passada, permite que as empresas terceirizem qualquer atividade. Atualmente, apenas a chamada atividade-meio, como nos casos de limpeza e segurança, podem ter terceirizados.

Leia mais +
Copyright © Advocacia Dagoberto J. S. Limaunitri